Xô, Aedes Aegypti!

O inverno está indo embora e com a chegada do verão o risco dos casos de dengue aumentam. A epidemia acontece devido ao calor, o acúmulo e armazanamento errado de água parada. Tanto tempo enfrentando esse problema, o que parece é que a população ainda desconhece o que é a dengue e como se proteger do Aedes Aegypti.

A dengue é uma doença viral transmitida pelo mosquito  Aedes Aegypti que se reproduz mais facilmente nos dias quentes, quando as chuvas são mais frequentes. A reprodução acontece em poças de água limpa e parada, o acúmulo de lixo também facilita proliferação do mosquito. O mosquito põe os ovos na água e depois de alguns dias as larvas eclodem. Com isso, qualquer pessoa próxima do ambiente é uma vítima em potencial. Durante o verão os casos de dengue costumam aumentar, portanto a prevenção é imprescindível. Vamos dar algumas dicas de como evitar o contato com o mosquito.

Aedes Aegypti: o que fazer?

Primeiramente é muito importante não acumular água parada. Às vezes a água da chuva pode juntar nos lugares mais improváveis como garrafas, pneus ou qualquer outro tipo de reservatório. Depois da chuva, verifique se não ficou água acumulada em algum lugar. Os vasos de plantas também podem ser um facilitador da dengue. Ponha areia ou pó de café nos pires dos vasos e só depois regue a planta. Isso vai absorver qualquer resquício de água que venha do vaso. Pneus podem ser um grande depósito de água e, consequentemente, gerador do mosquito da dengue. Faça furos nos pneus para que a água acumulada escorra.

Sabemos que não podemos ficar sem caixa d’água em nossa casa afinal, precisamos dela. Mas devemos cuidar para não facilitar a ação do Aedes Aegypti, pois a caixa é o reservatório perfeito para os ovos da dengue. Devemos mantê-la fechada e limpa.

O mesmo vale para poços, cisternas e caçambas. É importante também remover folhas e galhos das calhas, pois impedem que a água escoe. Verifique isso frequentemente. Se você não pode se livrar de latas e garrafas, mantenha-as emborcadas para baixo, isso evita que a água da chuva se acumule por muito tempo.

Prevenção é tudo!

A piscina é um reservatório gigante de água, portanto, também é perfeita para o Aedes Aegypti se reproduzir. Mantenha a água da piscina tratada com cloro e se não a estiver usando cubra com uma lona. O lixo também é um ponto a considerar. Muitas pessoas pensam que o lixo não representa ameaça, por acumular somente água suja.

É importante saber que qualquer ambiente que possibilite o acúmulo de água é um risco para a reprodução do mosquito. Por isso, mantenha o lugar limpo, vede os sacos de lixo e não os deixe expostos. Lembre-se que ainda não existe vacina contra a dengue e o melhor caminho é a prevenção.

Curtiu as dicas? Compartilhe esse artigo com seus amigos!

Tags: | | | | |

ENTRE PARA NOSSA LISTA

Assine nossa newsletter!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

%d blogueiros gostam disto: